sábado, maio 03, 2008

My Patti Smith

No Japão

Gloria legendado em italiano


Quand Patti Smith interrompeu a carreira para se dedicar aos filhos, por aí, anos 80, eu , 19 anos, mergulhei- na noite longa da desilusão em que o mundo acabava para mim, ele mentiu, trocou-me e eu fui a última a saber- longas horas numa banheira cheia de água a ouvir Horses. Play, rewind, play. Aguenta, promete que é a ultima vez que queres morrer por amor. ( som: Gloria)
Como as músicas arquivam a nossa vida. Because the night foram as noites de Viseu guardadas nas pastas drogas, álcool e sexo, onde li o discurso do excesso com a geração mais velha- Baudelaire, Stendhal, Burroughs, Ezra Pound- li não, fiz o meu excesso mas menos excesso do que o deles. Mais contido. Por isso chamavam-nos, aos mais novos, os coca-cola. Mas foi ao som de Because de night que vomitei o banco de trás do carro de um deles. Tem um vago sabor acre, a música e
sexo, muito sexo.
Já perceberam, fui ao Festival Indie ver o documentário sobre ela. The mother.

6 comentários:

licopódio disse...

Também fui vê-la.

alexandra cristóvão disse...

invejo-te, não fui vê-la. tenho pelo patti smith um gosto absoluto de abismo, como não podia deixar de ser.e because the night é uma música negra como a trovoada, explode por dentro, no peito. bem, maria alice, e por donde andas tu?

pandoracomplexa disse...

por coimbra na livraria almedina. :-)

alexandra cristóvão disse...

podia ser pior...ou não?

GAMNAA. disse...

Este é o blogue do GAMNAA.
Dê-nos sugestões!

Gratos

alice disse...

amiguinhos, ando por aí, por aqui e por acolá.....
a pensar em relíquias para os srs. Pandoras!