terça-feira, março 14, 2006

design unplugged

unplugget
O meu cartaz unplugged, acústico, lettring feito à mão como se fosse uma adolescente de 13 anos a organizar uma festa na garagem dos pais, não foi consensual, só agradou aos Gregos, aos Troianos não.
O rato é primo direito do que está ali em cima.
Mais informação da 12ª edição (!) do Termómetro Unplugged, produção e aceleração de Fernando Alvim, aqui.

11 comentários:

sílvia moldes disse...

A mim agrada-me bastante. Devo ser grega!

alice disse...

eheheh!
:o)

João Tito disse...

O cartaz está um espectáculo, os gregos é que sabem!

a lice disse...

Gostei!:)

Abraço!

@ disse...

ora!eu cá também sou grega!!!gostei imenso.divertido, naïf e sobretudo condizente com o espírito unplugged.(e onde é que eu ando, que ainda não vi nenhum por aí?! ... e com 3 eliminatórias no Porto!!!!SOCORRO!!!)

alice disse...

Obrigada amigos gregos! não anda por aí nenhum troiano?!!
Ana, eu também ainda não vi o cartaz, mas sei que está feito. a final é aí no Porto, teatro Sá da Bandeira.

fada*do*lar disse...

Pois também sou grega.
Deste uma tareia à Helena de Tróia! :-D

alice disse...

ehehe! Fadinha!
Segundo o F. Alvim, parece que começou por ter muitas críticas negativas, mas agora virou, as pessoas estão a gostar.
Estranha-se, mas depois entranha-se. ;0)

Silvares disse...

Na verdade os troianos levaram no toutiço e perderam a guerra.
Não acredito na força bruta, mas, para terem sido levados com a treta do cavalo, esses troianos não seriam dos mais brilhantes... pois não?

alice disse...

levar no toutiço!!ehehe!

fada*do*lar disse...

Hum... acho que fui injusta com a pobre Helena. A desgraçada também é grega...
Mas afinal o que interessa são os toutiços doridos dos troianos. ;-P

Por acaso ontem também falei deles... (dos cucurutos), eheheheh
E olá Sr. Silvares! É um prazer ver-te aqui :-D